Escorihuela Gascón!

clube-do-vinho-artigo

Brasília, janeiro de 2011
7ª edição . ano II

Escorihuela Gascón!

Tradição e modernidade em Mendoza

Os vinhos argentinos são bastante conhecidos dos brasileiros em função de sua excelente relação qualidade­-preço. Esta situação é propiciada pelo MERCOSUL, que alivia uma boa parte dos impostos sobre os vinhos argentinos e a pequena distancia que permite fretes menores. Dentro do universo de vinhos argentinos, aqueles feitos em Mendoza são os mais tradicionais e lá se encontram bodegas de todos os portes e joint­-ventures com algumas das mais tradicionais casas de vinho do mundo. Em meio a tantos projetos modernos, alguns com bodegas arquitetonicamente estonteantes, existem algumas tradicionais e dentre elas destaca-se Escorihuela Gascón.

A história dessa bodega remonta 1880, quando Miguel Escorihuela Gascón, então com 19 anos, imigrou da Espanha para a Argentina. Depois de um período curto em Buenos Aires, mudou-se para Mendoza e adqui­riu 17 hectares de terra e iniciou a construção da bodega. Administrou e desenvolveu a bodega até sua morte em 1933, quando foi assumida por seus herdeiros, que continuaram a investir e divulgar o mundo do vinho, tornando-a extremamente conhecida e respeitada. Era inovadora e suspeita-se que o primeiro vinho 100% Malbec foi feito pela Escorihuela Gascón.

Em 1993, passa a pertencer ao “winemaker” Nicholas Catena, que investiu pesadamente na modernização da bodega para adequá-la às exigências do mercado atual.

Atualmente, a bodega encontra-se modernizada, mas mantem-se em seu charmoso prédio de origem com um maravilhoso restaurante  – chamado 1884 – em seus porões. Vale uma visita de que passar por Mendoza. Na verdade, trata-se da mais antiga vinícola de Mendoza, ainda em atividade.

A bodega é uma daquelas da qual se pode dizer que faz bem feito todos os produtos que oferece, cada um em sua faixa de preço. O vinho destaque chama-se DON e é um 100% Malbec, sendo considerado um dos grandes malbecs da Argentina.

manchaPara o nosso clube deste mês, selecionamos três vinhos da linha estate da bodega. O primeiro deles é o Escorihuela Gascón Malbec 2009. Trata-se de um malbec mendocino típico, com boa estrutura e aromas adocicados e frutados. O segundo é o Escorihuela Gascón Syrah 2009, que nos oferece um Syrah mendocino, combinação não tão frequente. É um belo exemplar dessa uva que tanto nos lembra

o sul da França ou da Australia, com um nariz complexo e final longo. O terceiro é Escorihuela Gascón Sangiovese 2008. Não é comum encontrarmos vinhos sul-americanos feitos com a Sangiovese, uva típica da Toscana italiana. Este vinho tem a potência tradicional dos vinhos sul­americanos, com o toque importante do carvalho francês, no qual passa sete meses (80%), mas contém a vivacidade que caracteriza a uva, sendo uma boa novidade.

Esperamos que desfrutem dos vinhos e das sugestões de harmonização, que constam das fichas técnicas em anexo.

 

Fernando A. F. Rodrigues

 

ficha-vinhos-novembro_janeiro_2011

 
Grand Cru Brasília

limpo

LAGO SUL
Loja e Wine Bar

+55 61 3368 6868
SHIS QI 09/11- conjunto L . loja 06 - Lago Sul
(ao lado do Citibank)

 

limpo

ASA SUL
Loja

+55 61 3541 6991
SHCS-CL 412 Sul - Bloco B loja 3 - Asa Sul, Brasília – DF
(na rua do Big Box)

  

© Copyright 2011 Grand Cru Brasília. Todos direitos reservados.

logo-agiste-b

logo rodape